Calistenização entrevista Raul Souza, mestre dos movimentos estáticos e um dos melhores atletas brasileiros de Street Workout!

Super entrevista com o atleta brasileiro de Calistenia & Street Workout Raul Souza, mestre dos estáticos e 4º lugar na etapa Venezuela do Mundial de Calistenia & Street Workout em 2014.

Olá irmãos e irmãs ao redor do mundo!

Eu sou o Alex Sanches e hoje quero compartilhar com você uma entrevista que me emocionou profundamente com um cara que faz a palavra “impossível” parecer brincadeira de criança. Nós batemos um papo com o Raul Souza, atleta da equipe Brazilian Bars e que mora em Guanambi, na Bahia.

Acompanhe a entrevista abaixo na íntegra!

Calistenização – Por que você começou a treinar Calistenia/Street Workout Raul, e como foi seu início?

Raul Souza – Eu sempre gostei muito de fazer exercícios. Eu comecei vendo uns vídeos na internet, daí comecei a praticar, logo aprendi uns movimentos e fui continuando até agora.

Calistenização – Conversando com o Rogério do Super Street Workout, ele me disse que você tem uma grande história de vida, de verdadeira superação. Pode compartilhar ela com a gente?

Raul Souza – O que aconteceu foi que eu quebrei os braços muitas vezes, quando eu tinha 4 anos um carro passou eu cima da minha barriga entre os peito e estômago. Eu quebrei o braço direito e algumas costelas, minha barriga foi esmagada e fiquei com o braço direito engessado junto com as costas e barriga. Nos primeiros dias não conseguia dormir porque eu não conseguia me deitar devido ao carro ter esmagado minhas costas e barriga, e quase perdi o meu braço direito também. Com 8 anos jogando bola cai sobre de uma pedra e quebrei o braço esquerdo. Com 13 anos eu fui brincar de pega-pega em cima de uma árvore com uns amigos e pulando de galho em galho acabei caindo quebrando os 2 braços de uma vez. Minha mãe teve que me dar comida na boca e meu pai me dava banho.

10876794_389566891220271_1425753554_o-2

Na escola meus colegas de 3º e 4º série faziam muitas piadas sobre mim não por causa da mania de quebrar os braços, nem sei o motivo. Eles riam muito de mim, criavam um monte de apelidos, passavam trotes para as pessoas dizendo que era eu, me faziam de besta me colocando para fazer coisas que não tinham sentido só para rirem da minha cara e eu sempre acabava chorando na sala o que fazia eles rirem mais ainda. Eu nunca fiz nada para acabar com isso, mas eu jurei que um dia eu seria alguém importante que teria um valor, para que invés das pessoas rirem de mim, elas quisessem ser como eu.

Calistenização – Como o esporte transformou a sua vida e por que outras pessoas devem conhecê-lo?

Raul Souza – O esporte me ajudou a me tornar uma pessoa mais importante, hoje ninguém faz mais piadas de mim, tá todo mundo querendo ser amigo meu, sendo legal comigo, querendo fazer o que faço eu não sou mais um bobo da escola como eu era. As pessoas deveriam conhecer, porque praticar exercícios faz bem a saúde te deixa com um corpo em forma, bonito e é muito bom você fazer uma coisa diferente que chame a atenção das pessoas, elas te tratam até melhor por isso.

Calistenização – Você ficou em quarto lugar na sua primeira competição na etapa do mundial na Venezuela, o que é um excelente resultado. Você pensa em competir esse ano, podemos esperar um Raul ainda mais forte e completo?

Raul Souza – Com certeza eu quero participar este ano também e eu quero estar muito mais forte para ter uma posição ainda melhor. Eu queria muita agradecer as pessoas que me ajudaram para que eu fosse à Venezuela, principalmente ao professor Jardiel Alarcon que me ajudou muito na divulgação e ao Rogério e Ana Karina da academia performance aqui da minha cidade Guanambi, que me deram apoio nos meus treinos, me ajudaram a treinar, me ajudaram nas passagens e a algumas empresas e pessoas daqui da minha cidade que me ajudaram a conseguir o dinheiro das passagens.

Calistenização – Raul, como você treina e qual o segredo de seus movimentos estáticos?

Raul Souza – Eu treino todos os dias, mas pego mas leve no final de semana. Gosto muito de movimentos de força então eu treino bastante os movimentos estáticos, não curto muito os movimentos acrobáticos.

10935216_389685287875098_597225985_o-2

Calistenização – O que falta atualmente em sua opinião para que a Calistenia/Street Workout estoure de verdade atingindo de forma massiva o Brasil?

Raul Souza – O esporte já está crescendo, para mim se ele continuar crescendo no ritmo que está, está bom. Aparecer mais atletas e cada vez melhores e mais fortes fariam o esporte crescer muito mais rápido. Mais na medida que o esporte vai crescendo o atletas também crescem.

Calistenização – Onde você busca inspiração e motivação pra continuar se desafiando e indo além Raul?

Raul Souza – Acho que quando uma pessoa diz que eu não vou conseguir uma coisa ai eu treino mais e mais até conseguir.

Calistenização – Qual é a dica que você gostaria de ter escutado quando começou a treinar?

Raul Souza – Use umas cotoveleiras pois seus cotovelos vão doer bastante.

Calistenização – Obrigado pela entrevista e por tudo o que tem feito pelo esporte Raul!

Raul Souza – De nada, eu que agradeço.

Você acabou de conferir a entrevista com o o Raul Souza e se quiser saber mais sobre ele, é só curtir aqui a página de sua equipe, a Brazilian Bars.

Inclusive, se você quer ver outras entrevistas dos melhores atletas do Brasil e do Mundo e ainda não faz parte da Lista Vip, aproveite e inscreva-se já, é gratuito.

Clique aqui para receber GRATUITAMENTE 3 vídeos de como começar a treinar da forma correta, mais 2 e-books exclusivos, 12 Receitas para Hipertrofiar e o e-book Hipertrofia Sem Mistérios e muitas outras dicas que só envio por lá.

E se você está em busca de motivação, inscreva-se aqui também GRATUITAMENTE para que eu te envie um super material que com toda certeza poderá transformar sua vida.

Nos vemos em breve.

Forte abraço!

[Total: 5    Média: 5/5]
2 Comments
  • Ana Karina
    janeiro 23, 2015

    Raul é um excelente atleta: disciplinado, persistente e com uma força de vontade única. Sei que nada para ele é impossível. Parabéns Raul, você vai longe. Sucesso. Ana Karina

    • raul
      março 9, 2015

      obrigado Karina, eu estou vendo agora

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *